quarta-feira, 6 de março de 2013

Nosso banheiro, espelho da alma

O espelho é um material muito curioso. Até hoje eu me pego às vezes pensando: como é que isto funciona? Quem foi que descobriu que este material, quando polido, nos permitiria ver o nosso reflexo? A mesma dúvida que temos quando pensamos quem foi que descobriu quais os cogumelos comestíveis e quais aqueles que nos matariam… Bem, mas o espelho parece que só matou Narciso, tamanha a sua adoração por si mesmo. Narciso é um herói da mitologia que ao ver seu reflexo num lago, se enamorou e de lá não conseguiu sair mais, morrendo de inanição.
O espelho é muito, muito antigo. Foi descoberto nas civilizações do Egito antigo, provavelmente feitos de cobre polido e posteriormente, prata. Hoje ele é um misto de ligas metálicas com acabamento em vidro. Daí que sempre que compramos espelhos, vamos à uma vidraçaria ;-) E se ele é antigo, o seu uso na decoração também é. Por muito tempo ficou restrito aos ambientes de higiene – banheiros tem espelhos há muito tempo – mas o seu poder foi muito além disto e a brincadeira da reflexão passou a ser muito explorada em peças decorativas. O único cuidado, sempre, diz respeito ao mito que falamos acima. Espelhos demais podem nos encantar de tal forma que passam a ser prejudiciais. Daí sempre vale a máxima: nada em exagero!
Vejamos neste post opções de espelhos em banheiros:


Em vários formatos e diferentes estilos, o espelho no banheiro deve ser sempre funcional. Isto não impede que façamos brincadeiras e propostas pouco usuais.  Na primeira foto temos espelhos tipo veneziano, com detalhes mais rebuscados em espelho mesmo na sua moldura. Note que neste banheiro foram usados dois espelhos iguais, um sobre a pia e outro sobre o vaso sanitário.
Na segunda imagem vemos um espelho com moldura mais antiga, dourada, mas repare que o seu uso é completamente fora do protocolo: ele foi colocado ao lado da pia ao invés de ficar na sua frente. Isto por que há uma parede de vidro leitoso que fica em frente à pia, não permitindo que o espelho seja pendurado ali. Quem disse que o espelho tem que ficar sobre a pia? rs


A terceira foto nos mostra uma solução bem simples e barata, mas nem por isto menos charmosa. Um espelho redondo sobre uma cuba com coluna dá um ar retrô ao banheiro.
Na última vemos uma opção maior, com mais espelhos – e desta vez eles estão recobrindo um armário superior do banheiro, feito em madeira. Dá para perceber que os espelhos estão divididos em algumas peças, que são em realidade as portas do armário. Aqui aumentamos a reflexão no ambiente, note que se enxerga bastante do restante do banheiro pelo espelho. Abaixo do armário foram instaladas luminárias fluorescentes contínuas que iluminam a área de trabalho.
Ainda nesta semana mostro para vocês o uso de espelhos nas áreas sociais ;-)
 http://g1.globo.com/platb/jornal-hoje-hojeemcasa/